Apple e Samsung anunciam fim de litígios por patentes fora dos Estados Unidos

Depois de anos de acusações e brigas nos tribunais por quebra de patentes, a Apple e a Samsung anunciaram hoje um acordo para a retirada de todos os litígios entre as empresas, exceto os referentes à patentes norte-americanas.

A briga entre as empresas começou em 2010, ano em que a Samsung lançou o primeiro Galaxy S. A história diz que Steve Jobs perdeu a cabeça quando viu o gadget, já que a empresa sul-coreana fornecia – e ainda fornece – vários componentes para produtos Apple.

Depois de uma conversa nada amigável entre os cabeças das empresas a Samsung – que é uma das empresas que mais possuem patentes no mundo – resolveu rebater as acusações da Apple, afirmando que a empresa americana é quem havia violado patentes ao longo dos anos.

Assim começou uma das batalhas judiciais mais onerosas do mundo da tecnologia e que, em alguns casos, acaba sendo desvantajosa mesmo para a empresa vencedora. Talvez esse seja o motivo do fim da disputa jurídica na Itália, Coreia do Sul, Reino Unido, Alemanha, Japão, Holanda e Austrália – mantendo somente os litígios nos Estados Unidos.

Os processos no território norte-americano já renderam mais de um bilhão de dólares à Apple, porém ainda existem bilhões em disputa. De qualquer forma, pelo menos parece que a guerra de patentes está um passo mais próxima de acabar de vez. Vamos ver o que acontece nos próximos capítulos.

Apple e Samsung anunciam fim de litígios por patentes fora dos Estados Unidos
Classifique este post

Comentários

Autor

Pedro Henrique Malta

Jornalista formado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), colaborou com alguns dos principais jornais de Goiás e atuou como assessor de comunicação. Apaixonado pela indústria cultural, está sempre disposto a conhecer novas produções e utiliza as mídias sociais para a troca de informações e experiências.