Bubblews: A rede social que paga pelas reações que seu post recebe

Uma rede social precisa de uma grande quantidade de usuários para se manter ativa e lucrativa, mas como atrair esses usuários de forma rápida e garantir o sucesso de uma rede social nova no mercado? A Bubblews aposta em uma proposta diferenciada para conseguir essa façanha: ela paga US$0,01 por cada curtida, visualização ou compartilhamento que um post recebe!

Arvind Dixit e Jason Zuccari, criadores da Bubblews, entendem que os usuários, como produtores de conteúdo devem ter uma participação nos lucros da empresa com publicidade. Mas para que o a pessoa receba ele precisa acumular US$50,00 – o que significa 5000 reações positivas na rede social!

Apesar de utilizar as informações dos usuários para compor o feed de notícias e os anúncios que são exibidos, o Bubblews não armazena nenhuma informação que não seja pública ou as atividades que você realiza. Essa é uma característica para atrair pessoas que desejam maior privacidade, já que o Facebook, por exemplo, armazena todas as informações e atividades do usuário mesmo as restritas, e utiliza-as no direcionamento de conteúdo.

O funcionamento da rede social é bem simples, mas há alguns critérios para quem deseja postar conteúdo e receber por isso. Só é possível publicar até dez posts a cada 24 horas, todos eles devem ter o conteúdo estritamente em inglês e ter no mínimo 400 caracteres. Plágio e conteúdos obscenos também são proibidos. Isso tudo para impedir spams e garantir o mínimo de qualidade no conteúdo das páginas e combater pessoas que programam computadores para realizar atividades automáticas.

A Bubblews existe desde 2012 e possui cerca de 300 mil usuários, porém só agora ela foi aberta ao público geral. Se a proposta de Dixit e Zuccari vingar, poderemos acompanhar uma revolução na forma de trabalho das redes sociais nos próximos anos.

E você? O que achou dessa rede social? Que tal criar um perfil para ver quantas reações você consegue?

Fast Companhy

Classifique este post

Comentários

Autor

Pedro Henrique Malta

Jornalista formado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), colaborou com alguns dos principais jornais de Goiás e atuou como assessor de comunicação. Apaixonado pela indústria cultural, está sempre disposto a conhecer novas produções e utiliza as mídias sociais para a troca de informações e experiências.