O buscador chinês Baidu chega ao Brasil

Chegou! Depois de montar um escritório no Brasil, em 2012, finalmente o Baidu lança uma versão do seu buscador em português. Conhecido como o “Google Chinês”, a gigante chinesa é a empresa de internet mais valiosa do país com um valor estimado em US$ 65 bilhões.

Na China, 83% das buscas são feitas através do Baidu. Para se ter uma ideia, é uma fatia parecida com a do Google no Brasil,  que domina cerca de 88% do mercado. Já o Bing, que ocupa a segunda colocação aqui, é usado em 6,48% das buscas.

O “Google Chinês” tem alguns diferenciais em relação ao seus concorrentes, como tocar vídeo e música sem que o usuário saia da busca. Além disso, ao pesquisar por uma notícia, ele mostra um ranking das mais buscadas no dia.

Além do buscador, o Baidu oferece mais seis serviços totalmente em português: Postbar (um fórum com uma mecânica baseada em palavras-chave), Spark Browser (navegador), PC Faster (um aplicativo de otimização de computadores), Hao123 (portal de notícias), Baidu Antivírus e Du Battery Saver (para smartphones Android).

Centro de Pesquisas

Além dos serviços em português, a gigante chinesa deve construir no Brasil um centro de pesquisas voltados para tecnologia e internet. Em todo o mundo, o Baidu tem seis centros: três na China, um em Cigapura, um no Japão e outro no Vale do Silício, nos Estados Unidos.

Se as investidas do Baidu no Brasil terão sucesso, só o tempo irá dizer. Mas já parecem ser bem promissoras. [G1; Olhar Digital]

Classifique este post

Comentários

Autor

Leandro Sousa

Com mais de 5 anos de experiência com marketing digital, é gerente de estratégias da Bamboo. Formado em Jornalismo, iniciou sua carreira como redator. Respira, diariamente, inbound marketing, mídia digital e marketing de conteúdo.